Com o avanço da tecnologia e a conexão do mundo todo pela rede virtual, novos conceitos ganharam importância no ramo corporativo, como o da experiência do usuário — do inglês, user experience, ou simplesmente UX.

Não basta adequar a divulgação da empresa ao formato digital para se aproximar do público-alvo: hoje em dia é necessário investir em design, recursos de fácil utilização e integrar as diferentes plataformas (como páginas na web e aplicativos de celular) para agradar ao consumidor em potencial.

No post de hoje falaremos sobre os impactos da boa experiência do usuário nas vendas e na satisfação do cliente. Para isso, explicaremos o conceito, a importância e a aplicação desse valioso recurso. Confira!

O que é a experiência do usuário?

É um conceito relativo à percepção da pessoa ao navegar por um canal online, seja site, blog, software, aplicativo ou rede social. Você provavelmente já acessou algum endereço eletrônico para obter informações antes de se dirigir ao local ou realizar uma compra, não é mesmo? Qual foi sua experiência como consumidor?

Essa empatia de se colocar no lugar do usuário é vital para todo empreendedor promover sua empresa no mundo digital. Por isso, experimente primeiro a navegação e pergunte a você mesmo se a plataforma é útil, acessível, facilmente navegável e eficiente para depois lançar qualquer página ou serviço na rede.

Em um mercado tão amplo e concorrido, as pessoas procuram se informar ao máximo sobre o produto ou serviço desejado para só depois fechar negócio. A missão de quem empreende é garantir que todos os dados relevantes sobre a oferta serão fornecidos enquanto o consumidor em potencial explora com satisfação o recurso online.

Por que pensar na experiência do usuário?

Não basta ter uma identidade visual marcante: é preciso saber usá-la, inclusive no meio digital. Elementos estéticos ligados a cores, fonte das letras, textos e palavras escolhidas são essenciais para a boa experiência do usuário.

O trabalho do design e do marketing nesse aspecto é estrategicamente estabelecido para incentivar o potencial cliente a permanecer na página e, por fim, estabelecer relação de consumo com a empresa.

Em outras palavras, embora o objetivo da experiência do usuário seja efetuar a venda, sua preocupação está no caminho até o negócio ser fechado: satisfazer a demanda do público. Se você está perguntado o porquê, nós apresentamos vários motivos:

Engajamento com a marca

Sabia que 90% das pessoas que efetuam compras na loja física realizam pesquisas na internet antes de adquirir um produto? Essa é a afirmação de pesquisa publicada pelo Serviço de Proteção ao Crédito (SPC) e evidencia a necessidade de investimento em UX para promoção da empresa.

Uma página consistente, fácil de carregar, com imagens em alta definição, padronização no texto e espaçamento adequados denota maior transparência. De tal forma, o consumidor não se sente enganado com letras minúsculas no rodapé dos anúncios e obtém com facilidade a informação procurada.

Conversão em vendas

Quando o estilo é agradável aos olhos e a plataforma é user-friendly (simples de usar), é mais provável converter quem está fazendo a pesquisa em cliente. A pessoa se sente tão satisfeita com a busca, com credibilidade transmitida pela marca e com a fácil utilização do sistema que acaba efetuando a compra.

Uma pesquisa da empresa Rardware, especialista em serviços cibernéticos, atesta: um atraso de 2 segundos no carregamento faz 87% das pessoas abandonarem a página. Cuidar da experiência do usuário na rede é essencial para o processo decisório ser de sucesso, promovendo a venda de seu produto ou serviço.

Fidelização de usuários

Além de atrair novos consumidores, o investimento em UX retém os já conquistados, amparando-os. Quando a plataforma é uma extensão da compra  oferecendo suporte e conteúdo relativo ao segmento de atuação da empresa no mercado —, o cliente se sente priorizado e bem-cuidado.

Logo, as chances de ele continuar comprando em sua loja, seja física ou virtual, são maiores. Também eleva a probabilidade de a clientela fidelizada indicar o empreendimento para um conhecido, aumentando a abrangência de seu negócio.

Diferencial no mercado

São poucas as empresas preparadas para oferecer acessibilidade, usabilidade, utilidade e facilidade com primor a quem navega em suas plataformas digitais. Consequentemente, destacam-se no mercado aquelas que conseguem atingir tal feito, obtendo um diferencial competitivo. 

Fazer o consumidor se sentir especial estimula o branding e o satisfaz. A experiência do usuário trabalha o processo decisório da pesquisa até a compra, convencendo o cliente em potencial de que ele estará negociando com o melhor empreendimento para atender a suas necessidades.

Como promover uma boa experiência do usuário?

A importância de focar em UX envolve a preocupação com a pessoa online e o reconhecimento de tal esforço. Por isso, é essencial se ater a construir de forma eficiente, mas sutil, a satisfação do usuário. Confira como:

Aparência da página

Aqui entram recursos ligados à arquitetura da informação, ou seja, como os dados estão dispostos na interface. Ela precisa ser atrativa a quem navega na página para o cliente em potencial continuar explorando o conteúdo — afinal, mais tempo de uso aumenta as chances de convencer o internauta.

Cores, ícones, vídeos, infográficos e animações precisam ser utilizados com sabedoria para chamarem a atenção na medida certa. Nessa toada, devem ser evitadas a poluição visual e o propósito de coagir o usuário a fazer algo que ele não queira, como assinar uma newsletter para permitir a continuidade de sua navegação na plataforma.

Conteúdo relevante

Falando em informação, os assuntos em pauta devem ser pertinentes ao ramo de atuação da empresa: se você tem um pet shop, não há por que falar de calçados no post do blog. Definir um público-alvo, planejar o crescimento empresarial e acompanhar as tendências no mercado são uma boa forma de produzir conteúdo de qualidade.

A linguagem utilizada também precisa ser condizente com quem você espera que leia as produções, mantida a formalidade corporativa. Padronizar letras, investir em chamadas sutis e usar links para outras páginas do site também influenciam na experiência do usuário.

Integração das plataformas

Se o consumidor iniciar a compra pelo aplicativo, mas decidir conclui-la quando chegar em casa, no computador, os sistemas estarão integrados? Estamos falando de omnichannel, estratégia de conteúdo responsável por relacionar diferentes plataformas de uma mesma empresa.

Os canais de comunicação precisam suprir a demanda do cliente em potencial em qualquer lugar, tempo e horário. Nesse contexto, é essencial manter o padrão no layout de uma página na web para o formato mobile, por exemplo, fomentando a sensação de continuidade a quem acessa o endereço eletrônico.

Agora você já sabe o que é experiência do usuário, compreende melhor a importância dela para uma empresa e conhece alguns elementos para a sua promoção. Essa estratégia é útil a todo empreendimento que queira alavancar resultados, ampliar sua atuação e competitividade no mercado.

Gostou do assunto? Deixe sua opinião ou experiência em um comentário aqui no post.