Quem nunca se pegou perdendo mais tempo do que deveria nas redes sociais que atire a primeira pedra. Você tem que fazer outras coisas mais importantes — faxina, estudo, trabalho… — mas para pra ver um vídeo no Facebook. Então, pronto! Todo o tempo que você tinha para dedicar àquela tarefa foi gasto. O Zuckerberg sabe que você faz isso e, por isso, o Facebook e o Instagram lançaram ferramentas de controle de tempo.

Saiba quanto tempo você gasta nas redes sociais

A novidade mais interessante são os menus que mostram qual o tempo médio diário que você passou na plataforma, nos últimos sete dias. Eles também trazem gráficos em barra, que mostram os períodos de maior ou menor utilização.

Essas funções vão estar disponíveis nos links “Sua atividade”, no Instagram e “Seu Tempo no Facebook”. Mas, atenção: por enquanto, a função só mostra o tempo gasto naquele dispositivo específico. Além disso, ela contabiliza o uso no aplicativo mobile, mas não de acessos no navegador de Internet ou apps para desktop.

facebook-lança-controle-de-tempo

Decida a hora de parar

Quando estamos distraídos, com o celular na mão, podemos perder a noção do tempo, não é mesmo? Por isso, os menus “Sua atividade” e “Seu Tempo no Facebook” também vão dar a opção de configurar alertas. Você programa o máximo de tempo que quer passar no aplicativo, por dia, e ela envia uma notificação quando o mesmo acabar. Ela não corta seu acesso, nem deixa de exibir notificações, mas já possibilita um controle muito maior para os usuários.

Resista às notificações

Mesmo se tentamos nos concentrar nas tarefas, pode ser difícil resistir quando o celular vibra e aparece aquela notificação do Instagram. Por um lado, nós sempre tivemos a opção de ativar a função “Não Perturbe”, disponível na maioria dos aparelhos, ou bloquear as notificações, no menu de configurações.

Mas, agora, o Facebook e o Instagram vão também vão ter uma função para silenciar notificações desses apps, especificamente. Pode ser bastante útil programá-la quando se está no trabalho, por exemplo, e você não quer se distrair com as redes sociais, mas precisa estar disponível para outras coisas no celular, como e-mails.

O que está por trás dessa novidade?

A novidade foi anunciada em primeiro de agosto, em um comunicado feito pela diretora de assuntos públicos do Facebook na Espanha e em Portugal, Natalia Basterrechea. Segundo ela, “é nossa responsabilidade falar abertamente sobre como o tempo na internet afeta as pessoas e levamos essa responsabilidade muito a sério. Essas novas ferramentas são um primeiro passo importante e nos comprometemos a seguir trabalhando para fomentar comunidades seguras, amáveis e solidárias para todos”.

A iniciativa é super interessante, claro! Mas é fato que, há algum tempo, o Facebook vem sendo pressionado, por autoridades e usuários. O fenômeno das fake news, o escândalo da Cambridge Analytica — e a aprovação do GDPR na União Europeia —, os alertas sobre conteúdos nocivos na rede… Faz sentido acreditar que essa é uma resposta do Facebook para melhorar o uso que as pessoas fazem de suas redes, mas também “limpar a barra” da plataforma, frente a tantos problemas.

De acordo com o anúncio de quarta-feira, as funções não serão liberadas de primeira para todos os usuários. Os primeiros a receberem devem ser os americanos e não foi revelada uma data para ela chegar para todo mundo, inclusive o Brasil.