Na última terça-feira (26.03) e quarta-feira (27.03), ocorreu em São Paulo, no Transamérica Expo Center, o fórum promovido pela E-commerce Brasil Ads e Perfomance. Assim como fizemos depois do último RD Summit, decidimos contar e compartilhar um pouco desse evento com todos os nossos leitores, parceiros e aprendizes que não tiveram a oportunidade de comparecer.

O evento foi dividido em dois dias, com quatro plenárias/dia e diversos stands destinados a E-commerce (SalesForce, B2W, Via Varejo ADS, Reclame Aqui, entre outros). Na organização estava tudo ótimo, o único ponto que deixou a desejar foi em relação à lotação das plenárias, que fez com que muitos perdessem as tão aguardadas palestras. Como ponto forte, podemos destacar as comidinhas e afins: foi oferecido, a todos os participantes, Happy Hour, almoço e etc. Sentimos falta de palestrantes internacionais e palestras destinadas à Inteligência Artificial.

Primeiro dia de Evento

Pensando no mercado que eu, Fernando, atendo aqui na Motion, optei por ir na Plenária PME (Pequenas e Médias Empresas).

Cuide do que é seu, estratégias de CRM

Em sua primeira palestra na Plenária PME, Daniel Nepumuceno – Head de E-commerce da Petz, se apresentou com o tema “Cuide do que é seu”, estratégias de CRM.


Alguns insights que ele deixou e que realmente devemos refletir a respeito:

  • Cohorts – Quanto custou o seu cliente e quanto ele vai trazer de dinheiro para o seu negócio?
  • Performar sempre em LP ou página de destino e priorizar sempre a qualidade de anúncios, para que o seu target encontre o que busca de forma simples e eficaz

Como fazer planejamento de vendas e marketing para otimização do seu orçamento

O mago do E-commerce – Head Le Postiche – começou com tudo falando a maior verdade do mundo do marketing: “Não existe fórmula para alcançar um resultado surpreendente, e sim um trabalho contínuo dia após dia, medindo e testando novas técnicas”. Em sua palestra, ele deixou claro que check-out e recompra são os itens mais importantes para um e-commerce saudável.

A recompra é a principal fonte de lucros, pois como envolve alguém que já é seu cliente, seu custo de aquisição (CA) já foi pago. É muito importante canalizar seus esforços em cima desse público. Podemos observar que é um trabalho de médio a longo prazo, e como o “mago” disse, é possível, dentro de 12 meses, inverter a tabela de consumidores, alcançando 70% das compras realizadas por consumidores e 30% por novos.

Para gerar receita, é de extrema importância o aumento contínuo no fluxo do tráfego (no final desse conteúdo, vou deixar o link da apresentação, que conta de forma detalhada o processo que devemos utilizar para alcançarmos nossas metas e objetivos). É importante analisarmos detalhe por detalhe, fonte por fonte e receita gerada por receita gerada, assim minimizando ao máximos os nossos custos.

Não temos como fugir do marketplace, pois hoje 85% do tráfego é destinado a ele. Porém, vale ressaltar que hoje as vendas do e-commerce representam apenas 6% do varejo, ou seja, 94% das compras ainda são realizadas de forma tradicional. Em suma, temos um oceano azul a ser trabalhado.

Palestra completa – Mago do Ecommerce  – VALE A PENA

Mudança de Plenária – UX & CRO

Augusto Alves – Head Zee Dog – contou um pouco, em sua palestra, sobre os cases de sucesso da marca, apresentando os motivos das criações de peças exclusivas e de anúncios exatos para o seu público-alvo.

Em uma reflexão, ele perguntou à platéia quantos ali passeavam com seus cachorros na chuva. A grande maioria respondeu que não. A Zee Dog, então, contou sobre um de seus últimos cases: O lançamento uma capa de chuva para cachorro com persona definida, especificamente para para regiões onde a chuva é frequente. Resumindo, foi um sucesso em vendas. Momento certo, lugar certo e venda certa!

A mídia precisa ser baseada no cluster do seu cliente. Precisamos atingir no momento certo; não adianta oferecer uma enforcadeira para um yorkshire (apesar de sua brabeza). Além de ofertar produtos que correspondem ao meu público, para aumentar meu ticket médio, tenho que apresentar outras oportunidades com o que meu consumidor está se identificado, criando combos e etc.

Lembre-se, não é porque seu cliente deixou de realizar uma compra no seu primeiro acesso que ele não vai mais comprar com você. Utilize ferramentas e estratégias pertinentes a sua jornada de compra.

Segundo dia de Evento

E-commerce Brasil Performance e Ads

Vamos avançar um pouco algumas palestras e imergir no segundo dia do fórum. Aproveitando os minutos extras para ver a feira de parceiros, podemos dar grande destaque ao Reclame Aqui, que estava com um stand ofertando palestras sobre seu negócio. Outro detalhe legal, que já tinha visto, é que a Vivo foi pioneira ao apresentar o VIVO ADS. Na feira, a Via Varejo estava apresentando mais que o marketplace: o Via Varejo ADS, futuro do tráfego pago oriundo de portais com alto volume de pessoas.

A mudança do comportamento do consumidor online nos últimos 20 anos – Ana Szasz – Head Ebit

A evolução do Brasil no mundo online, no início do século XXI, começou com a inserção das grandes lojas físicas no universo digital. Nesse primeiro momento, a grande maioria das compras eram feitas para a venda de presentes. Mídias como CDs e DVDs tinham um custo muito abaixo do mercado tradicional, e por isso eram mais consumidas. Outro detalhe muito importante que se iniciava era a presença de mensagens instantâneas, ICQ, MSN e salas de bate-papo.

Aspectos muito importantes dessa época, que motivaram o poder da compra online, foram a questão de poder receber em casa, poder comprar a qualquer hora e garantir economia de tempo. O tempo médio dos usuários na internet era de 07h25 mensais (hoje, apenas em uma rede social vivenciamos muito mais que isso).