Não é de hoje que o Facebook vem tentando enfrentar o YouTube no mercado de vídeos para Internet. A próxima investida de Mark Zuckerberg é através do Instagram: trata-se do IGTV, lançado essa semana. Vale lembrar que a rede social já foi muito bem sucedida com os Stories, criados para enfrentar o Snapchat. Será que dessa vez eles terão o mesmo resultado? Isso só o futuro dirá. O que a gente pode contar para você, agora, é como aproveitar essa nova ferramenta. Confira abaixo as principais perguntas (e respostas) para entender o IGTV do Instagram.

 

O que é o IGTV?

É uma sigla para Instagram TV. Simples, e já mostra o objetivo da iniciativa: ser uma nova plataforma para compartilhamento de conteúdo em vídeo, batendo de frente com o YouTube e até com a TV tradicional.

Mas qual a utilidade disso?

Anteriormente, os usuários podiam postar no Instagram vídeos de até 15 segundos no Stories e de até 60 segundos nos perfis. No IGTV, podem ser publicados vídeos muito mais longos, de até uma hora. Por enquanto, trata-se apenas de uma nova possibilidade para as marcas e influenciadores digitais atingirem seu público. Os usos práticos da plataforma serão descobertos conforme os usuários forem se adaptando a ela.

O IGTV é um aplicativo ou uma função do Instagram?

Os dois. Os usuários podem acessar o IGTV pelo ícone em formato de televisão, na parte superior da tela, ao lado do botão do direct. Se você abre o perfil de alguém que você segue e essa pessoa está no IGTV, também vai aparecer um botão da ferramenta. Mas os usuários só podem assistir aos vídeos dentro do Instagram. Para postar, é necessário baixar o aplicativo próprio do IGTV.

IGTV Instagram

Mas qual a diferença do IGTV para o YouTube?

São duas diferenças básicas, mas muito importantes. A primeira é que os vídeos no IGTV são apenas verticais, enquanto o YouTube aceita conteúdos também na horizontal. Segundo os criadores, isso torna os vídeos muito mais confortáveis para ver no celular, já que esses aparelhos costumam ser usados com a tela em pé. E aí está a segunda diferença do IGTV para o rival: ele foi pensado para o mobile. O YouTube, embora tenha aplicativo para celular, nasceu em uma época que a internet era usada apenas em computadores.

Como funciona o IGTV?

Embora o IGTV queira bater de frente com o YouTube no estilo de conteúdo, a experiência de uso é mais parecida com os Stories. Assim que você clica para ir para o IGTV, um vídeo aleatório começa a passar e aparecem quatro “guias” ou “canais” para você escolher vídeos. São eles: para você (baseado nos vídeos que você assiste), seguindo (baseado nos perfis que você segue), populares (vídeos mais vistos entre todos os usuários da plataforma) e continue assistindo (vídeos que você viu, mas não terminou).

Como assistir vídeos no IGTV?

Como dizemos, assim que você entra no IGTV, os vídeos já começam a passar. Para assistir em tela cheia, basta clicar no vídeo, fora do menu com as quatro guias. O usuário pode pausar, avançar e retroceder, como em outras plataformas, mas também pode passar de um vídeo para o outro arrastando para o lado, como no Stories. Clicando no título do vídeo, é possível ver a descrição do vídeo. Para fazer o menu aparecer de volta, basta clicar em “explorar”.

Uma experiência diferente

Algo interessante do IGTV, mas que pode ser irritante para alguns usuários: assim que você entra no app, os vídeos começam automaticamente. Não importa o que você esteja fazendo no app, algum vídeo está passando no fundo. Segundo os criadores, a ideia é funcionar como uma TV, em que usuário não precisa procurar um conteúdo para começar a se divertir, nem parar de assistir algo para trocar entre canais. Diferente do YouTube, que abre uma tela inicial ou menus e você precisa dar play nos vídeos.

IGTV Experiência de Uso    IGTV Experiência de Uso 2    IGTV Experiência de Uso 3

Como buscar vídeos no IGTV?

Por enquanto, o IGTV permite apenas buscar canais. Ainda não é possível buscar os vídeos em si, através de termos, assuntos ou tags. Essa é outra diferença importante que enxergamos entre o novo aplicativo e o YouTube, que pode atrapalhar sua popularização entre os usuários.

 

IGTV Criação de CanalComo criar uma conta no IGTV?

Se o seu perfil ou empresa tem uma conta no Instagram, você pode criar um perfil com a mesma conta. Você precisa baixar o aplicativo do IGTV. Ao entrar nele, a sua foto de perfil aparecerá em cima do menu com as quatro guias, ao lado do ícone de configurações. Clicando na foto, o aplicativo dará a opção para criar um canal. Basta clicar em avançar e pronto, o canal está criado e você já pode carregar vídeos.

Como faço para carregar vídeos no IGTV?

Você clica na sua foto de perfil, como fez para criar o canal. Aparecerá um botão “+”. Clicando ali, você poderá fazer upload de vídeos do seu celular. Na seção de ajuda, o Instagram também afirma que é possível fazer upload de vídeos através do computador. Entretanto, as funções estão sendo liberadas aos poucos para os usuários. Em nossos testes, por exemplo, utilizando algumas contas da agência, não conseguimos acesso ao IGTV pelo desktop. Mas já existem plug-ins para Adobe Premiere, onde você pode exportar o vídeo direto do software de edição para a conta do IGTV vinculada.

Que tipo de vídeo eu posso colocar no IGTV?

Existem algumas regras para os vídeos postados na plataforma. Eles devem estar em formato MP4 e ser verticais. A proporção mínima é 4:5 e a máxima 16:9. Como dissemos, os vídeos para o IGTV são mais longos que os postados direto no Instagram: para contas normais, a duração é de 15 segundos a 10 minutos, para contas verificadas, os vídeos podem ter até uma hora. O tamanho máximo dos arquivos é de 650mb, para vídeos de até 10 minutos, e de 5,4 GB, para vídeos de até uma hora.

Como deve ser o conteúdo para IGTV?

Ainda é cedo para dizer que tipo de conteúdo será publicado no IGTV. Isso porque a plataforma está há menos de uma semana no ar. Em nossa experiência, observamos que os vídeos ainda são mais informais e menos produzidos do que aqueles publicados no Youtube, estando próximos do tipo de conteúdo publicado no Stories.

Acreditamos que a plataforma será interessante para publicar vídeos gravados direto no celular. Além disso, ao que tudo indica, apenas republicar o conteúdo do YouTube no IGTV não é recomendado: as experiências de uso das duas plataformas são muito diferentes, principalmente pela questão do vídeo vertical e da utilização no mobile. Vale a pena investir em conteúdos específicos para cada uma delas.

Já tem gente usando o IGTV?

Muita gente! Já há iniciativas interessantes, específicas para a plataforma. Um exemplo que nos chamou a atenção é do Pipocando, canal sobre cinema do YouTube. Eles publicaram um vídeo de respostas a comentários, feito na vertical, com menos edições e a câmera sempre no apresentador. Isso nos fez pensar que o IGTV pode funcionar como um complemento ao YouTube, com conteúdos adicionais e menos formais. Em compensação, a cantora Selena Gomez publicou um curta de um minuto, bem produzido, específico para o IGTV.

IGTV PipocandoIGTV Selena Gomez

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Como minha empresa deve usa-lo?

Tratando-se de uma ferramenta nova, até mesmo os especialistas em redes sociais ainda estão estudando a melhor forma de aproveitá-la. Então, recomendamos cautela, para não correr o risco de “queimar” seu perfil com um conteúdo ruim. Uma coisa é certa: vale a pena já criar um canal e assegurar seu espaço na plataforma. Observe o que perfis famosos e marcas estão publicando na rede. Além disso, fique de olho nos vídeos mais vistos (na guia “populares” do menu), para saber o que os usuários gostam de ver.

Em alguns dias, já devem surgir ideias de como aproveitar a ferramenta para o seu negócio. O mais importante é entender que, como dissemos anteriormente, YouTube e IGTV são duas coisas diferentes, cada ferramenta é específica e não se pode copiar totalmente a estratégia de uma para a outra, sem adaptações.

Agora você entendeu melhor o que é o IGTV? Ficou com vontade de utilizá-lo em sua estratégia de redes sociais? Se você tiver mais alguma dúvida, pode contar com a gente.